27 novembro 2012

real conections

Sempre me disseram "recebemos aquilo que damos". Esta frase nunca me suou muito acertada, porque verdade seja dita, milhentas vezes "dei" o que melhor tinha para dar e em troca recebi nada ou pior ainda, recebi o pior que tinham para me dar. Por outro lado ultimamente, não tenho dado nada, nem bom, nem mau e parece que não paro de receber. Entre os muitos exemplos que podia partilhar, hoje escolho este - The weight of dreams.  

Já havia falado da Sara na página Parceiros. Ela faz parte dos meus contactos virtuais. Ou seja, há algum tempo que comunicamos, partilhamos ideias, mas sempre por mail, flickr ou facebook. Não a conheço pessoalmente (ainda). 

Quando andava a pensar numa forma de dar uma volta à minha vida e cheguei ao "clique" da fotografia, partilhei-o com ela. Aliás, ela foi mesmo uma das primeiras pessoas com quem partilhei esse passo que iria dar. Como só ela, mostrou-se muito feliz por mim, deu-me mais um empurrãozinho na direcção certa e disse-me que me iria enviar umas coisas para esse meu começo, assim, sem mais nem menos e sem pedir nada em troca.


Uns tempos depois tinha na caixa do correio este embrulho e lá dentro dois ninhos, dois gorrinhos e seis corações feitos em crochet pelas doces mãos da Sara. Tudo a pensar nos pequeninos seres que viria a fotografar e como que um "abençoar" deste meu novo caminho.





Nas imagens acima podem ver um dos ninhos e um dos gorros. Lindos não são? Isto é o que podem encontrar em The weight of dreams, da Sara obrigada querida. 

Mais desta sessão aqui - a sessão tem quase 6 meses e os gorros e ninhos são ainda mais velhinhos. Quando a Sara mos ofereceu, não tinha ainda nada para mostrar :-)

4 comentários:

nat. disse...

Que doçura!!!

Beijinhos grandes!!!

Chapéu de Papel disse...

Que trabalho lindo! Estou maravilhada com o gorro e com as fotos :) Vou já espreitar o trabalho The weight of dreams que não conheço!

Carina COliveira disse...

:-) muito obrigada! ❤❤❤

theweightofdreams disse...

obrigada eu por me deixares fazer parte desta forma singela :)

é um projecto muito bonito e eu tenho um fraquinho por ver sonhos realizados!

"Não a conheço pessoalmente (ainda)."
gosto disto! se Deus quiser, um dia encurtaremos a distância! :)

beijinhos